*/ Senador de Bras?lia:30 anos da reconstrução da União Nacional dos Estudantes
 
http://twitter.com/rollembergpsb http://www.facebook.com/pages/Rodrigo-Rollemberg/211341845581927 http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=3314995351568856873 http://www.youtube.com/rollembergpsb http://www.flickr.com/photos/rodrigorollemberg
 
Discursos
         
Tamanho do texto
Atualizado em :15/07/2009
30 anos da reconstrução da União Nacional dos Estudantes
 

SRA. PRESIDENTA (Manuela d'Ávila) - Concedo a palavra ao Deputado Rodrigo Rollemberg, da bancada do Partido Socialista Brasileiro. (Palmas.)

O SR. RODRIGO ROLLEMBERG (Bloco/PSB-DF. Sem revisão do orador) - Obrigado, prezada Deputada e Presidenta desta sessão Manuela d'Ávila, a quem cumprimento, e também à valorosa Deputada Alice Portugal, pela iniciativa desta homenagem.

De forma muito carinhosa, saúdo a Presidenta da UNE, Lúcia Stumpf; os Deputados Luiz Carlos Busato e Afonso Hamm; o Reitor da minha universidade, a nossa querida UnB, companheiro José Geraldo; os Parlamentares presentes; todos os jovensestudantes brasileiros que hoje prestigiam a Câmara dos Deputados; e, de forma muito especial, a Juventude do PSB.
Este é um momento muito importante, o momento em que celebramos os 30 anos de reconstrução da União Nacional dos Estudantes. 

Como passou rápido.

Junto com o colega Marcelo Dourado, que há até pouco tempo estava neste plenário, tive a honra de representar o Centro Acadêmico de História da Universidade de Brasília naquele memorável Congresso de Reconstrução.


A UNE sempre teve papel decisivo na política brasileira, um papel de vanguarda, o papel de empunhar bandeiras corajosas, como a do combate à ditadura e a da redemocratização do País. Foi a UNE que tomou a frente da campanha O Petróleo é Nosso! E temos muito orgulho de dizer quenaquela ocasião o PSB teve o papel importante, com o então Presidente da UNE, Rogê Ferreira, de levar essa campanha para as ruas. E a participação da UNE também foi fundamental na luta pela universidade pública de boa qualidade.

Essas lutas todas continuam extremamente atuais. No momento em que o Brasil descobre o pré-sal, que pode modificar toda a nossa situação social interna e promover a inserção do Paísno mundo de forma diferenciada, os estudantes podem desempenhar uma missão fundamental, a de trazer novamente o desenvolvimento sustentável, o desenvolvimento com distribuição de renda, para o centro da agenda nacional. Que modelo nós queremos para os próximos anos? Que projetos estratégicos poderão inserir o Brasil de forma diferenciada no cenário mundial, seja no que se refere ao programa espacial, seja no que se refere ao programa nuclear, ao desenvolvimento sustentável da Amazônia, à ampliação da nossa fronteira marítima, ao aprofundamento da democracia, à construção do socialismo em nosso País, enfim, às questões que de fato são estratégicas para este País?

Eu diria que o desafio que se apresenta para a UNE neste momento é o desafio da juventude brasileira, é o desafio do povo brasileiro.

E temos de reconhecer que a UNE sempre teve papel extremamente importante no sentido de unir as forças populares e democráticas do Brasil e de promover as mudanças tão necessárias para todos.

O Sr. Wilson Braga - Nobre Deputado Rodrigo Rollemberg, embora contrariando o Regimento, como já houve antecedentes eu pediria a V.Exa. permissão para fazer um aparte.

O SR. RODRIGO ROLLEMBERG - Pois não, Deputado Wilson Braga. Apenas vou ouvir primeiro a Deputada Lídice da Mata, que já havia pedido o aparte. Em seguida ouvirei V.Exa.

O Sr. Wilson Braga - Faz muito bem V.Exa.

A Sra. Lídice da Mata - Deputado Rodrigo Rollemberg, quero saudar, muito rapidamente — sei do nosso limite de tempo — , as Deputadas Manuela d'Ávila e Alice Portugal pela realização desta sessão solene, a Presidenta da UNE, Lúcia Stumpf, e a ex-Presidenta da entidade Gisela Mendonça, que já se afastou. Eu também pude participar do Congresso de Reconstrução da UNE, daquela comissão, cuidando desde a alimentação até a segurança daquele encontro extremamente vitorioso. Como lembrou o Deputado Rodrigo Rollemberg, que fala representando o nosso partido, a luta da União Nacional dos Estudantes continua, uma luta principalmente em defesa da universidade pública, gratuita ede qualidade, o que hoje se traduz numa radicalização democrática para o ingresso cada vez maior de jovens brasileiros na universidade pública. 

De cada 100 jovens brasileiros, apenas 6 chegam à universidade, e a inversão dessa estatística deve ser o papel principal da União Nacional dos Estudantes. Portanto, saudando a União Nacional dos Estudantes, saúdo o movimento estudantil, que deu ao Brasil tantos quadros políticos que hoje frequentam esta Casa legislativa como representantes do povo, outros que a frequentaram antes e outros tantos que muito contribuíram, mesmo não estando aqui hoje, para a existência da UNE.

Saúdo particularmente o Estado da Bahia, que tanta contribuição deu à reconstrução da União Nacional dos Estudantes, com grandes presidentes, tendo, aliás, oferecido à UNE sua primeira presidenta mulher, a nossa Clara Araújo. Um grande abraço à UNE! Viva a União Nacional dos Estudantes! (Palmas.)

O SR. RODRIGO ROLLEMBERG - Concedo um aparte ao Deputado Wilson Braga.

O Sr. Wilson Braga
 - Permita-me V.Exa., Deputado. Sra. Presidenta, quero aproveitar esta oportunidade para cumprimentar todos aqueles que organizaram esta homenagem à UNE, mas cumprimento principalmente V.Exa., que está presidindo a sessão e é uma pessoa muito querida e estimada nesta Casa, a Presidente da UNE, aqui presente, e todos os diretores da entidade. Eu também participei da UNE. Fui conselheiro, no tempo em que eram Presidentes Raimundo Eirado e Bento Bugarin, representantes da Bahia. Foram esses 2 homens públicos, esses 2 representantes da UNE, que levantaram e deram moral ao funcionamento do Calabouço, que nos sustentava naquelas fases em que combatíamos tudo o que havia de errado neste País e defendíamos os interesses da classe universitária brasileira. Como representante da UEE da Paraíba, lá estive como conselheiro. Parabenizo-a Câmara dos Deputados, os Diretores da UNE, a Presidenta desta sessão e a Presidenta da UNE. Um grande abraço a todos! Estamos sempre prontos a ir à Rua do Flamengo, 132, prestar pessoalmente a nossa solidariedade.

Foi isto o que eu combinei com o ex-Presidente da Câmara Aldo Rebelo, irmos lá todos juntos, o Deputado José Genoíno e todos os que são ou foram Deputados, como Aldo Arantes, levar a nossa solidariedade. Muito obrigado a V.Exa.

O SR. RODRIGO ROLLEMBERG - Muito obrigado, Deputado Wilson Braga. Ouço com prazer o Deputado Glauber Braga.

O Sr. Glauber Braga - Presidenta, serei bastante rápido nas minhas palavras, na minha intervenção ao pronunciamento do nosso Deputado Rodrigo Rollemberg. Minha menção à União Nacional dos Estudantes vai se dar através de uma história, de um bate-papo. Um jovem virou-se para mim e disse basicamente o seguinte: Glauber, vencer a batalha eleitoral — isso serve para todos os segmentos — pode ser fácil, talvez não seja tão difícil assim; vencer a batalha administrativa também é possível, porque você pode terminar um mandato sendo bem avaliado por aquilo que conseguiu alcançar; mas tem uma batalha que é a primeira a começar e a última a terminar: a batalha cultural. Nessa batalha, a União Nacional dos Estudantes tem papel fundamental, até mesmo para melhorar os hábitos deste Parlamento, o Congresso Nacional, e dos outros Poderes da República. Por isso não podíamos deixar de dar os vivas à União Nacional dos Estudantes. (Palmas.)  

O SR. RODRIGO ROLLEMBERG - Muito obrigado, Deputado Glauber Braga.Ouço rapidamente a Deputada Perpétua Almeida, e em seguida encerro, Sra. Presidenta.

A Sra. Perpétua Almeida - Muito obrigada, Deputado Rodrigo Rollemberg. V.Exa. resolveu ser o companheiro da vez e dar-nos esta oportunidade de saudar a União Nacional dos Estudantes. Permita-me o Plenário e a Mesa fazer esta saudação na pessoa de 3 mulheres guerrreiras: a companheira Lúcia Stumpf, Presidenta da UNE, e as Deputadas Alice Portugal e Manuela d'Ávila, que tiveram a luz de garantir que acontecesse esta sessão solene de homenagem aos 30 anos de reconstrução da UNE.

Quero saudar os estudantes do Brasil que vêm participar desse congresso importante. O estudantado e a nossa juventude foram às ruas, pintaram a cara e fizeram com que o povo brasileiro repensasse cada momento da sua história. Reafirmo a necessidade de que o Congresso da UNE deve e precisa garantir a presença de um grande número de estudantes na Câmara dos Deputados, logo depois do recesso. É preciso impedir que esta Casa vote o projeto, já aprovado pelo Senado, que, de certa forma, acaba com um direito dos estudantes do Brasil. Refiro-me é a meia entrada, uma conquista histórica do movimento estudantil.(Palmas.) Não podemos permitir que o Congresso Nacional bote abaixo conquistas históricas que os estudantes obtiveram, indo às ruas e a custa de muito sacrifício. Viva os estudantes do Brasil e viva os direitos já conquistados. Muito obrigada. 

O SR. RODRIGO ROLLEMBERG - Agradeço a todos os apartes, que incorporo ao meu pronunciamento. Peço compreensão aos demais Parlamentares, no sentido de que aparteiem o próximo orador, para que eu não me alongue mais do que, por benevolência, já me permitiu a Presidência esta sessão. 

Para encerrar, Deputada Manuela d'Ávila, cumprimento todos os estudantes do Brasil que honram a Câmara dos Deputados com sua presença. A UNE sempre foi um celeiro de brasileiros que honram a política brasileira. Estavam, aqui há pouco, o Deputado Aldo Rebelo, ex-Presidente desta Casa; o Vice-Presidente Nacional do PSB, Roberto Amaral, que também foi Vice-Presidente da União Nacional dos Estudantes; o Ministro Orlando Silva. E tenho certeza de que muitas das pessoas que aqui estão, no futuro, também estarão neste Parlamento, representando a população brasileira. 

Espero que façam um bom congresso e que a UNE esteja sempre à altura dos grandes desafios do povo brasileiro. Mais uma vez, cumprimento a juventude socialista pela bandeira e pela defesa das eleições diretas para a União Nacional dos Estudantes. Um grande abraço a todos. (Palmas.)

Fonte:
 
 
fazer comentario comentários
imprimir

 

Mais Discurso
A FACA DO FAC - [29/04/2014]
Dia do Artesão - [19/03/2014]

 
   Últimas Notícias
Pesquisas
Rollemberg comenta pesquisa que aponta insatisfação dos brasileiros com questões básicas
Distrito Federal
Ministério Público e pesquisadores defendem manutenção da área da Embrapa Cerrados
Cidadania
Senado debate ameaça de retirada da Embrapa Cerrados
Política
PSB e Rede apresentam diretrizes de programa de governo para o DF
Ciência e Tecnologia
Embrapa inaugura Banco Genético e comemora os 41 anos da empresa
Política
Elogios a decisão do STF sobre CPI exclusiva para Petrobras
Distrito Federal
Rollemberg lembra aniversário de Brasília e prega o fim da desigualdade no DF
Política
Oposição indica servidor do Senado para vaga de ministro do TCU
Cidadania
Rollemberg: Datafolha revela declínio econômico resultante dos erros de Dilma
Educação
CPI com investigação ampla enfraquece o Legislativo, afirma Rollemberg
Meio Ambiente
Números de relatório sobre mudança climática do IPCC são alarmantes, alerta Rollemberg
PSB
Rollemberg explica posição do PSB em relação à CPI da Petrobras
Distrito Federal
Senador alerta para risco de criação de novas cidades no DF
Cidadania
Rollemberg defende regulamentação profissional de artesãos
Copa do Mundo
Rollemberg denuncia superfaturamento em obras do estádio de Brasília

Vídeo

 

footer_down_01