Atualizado em :04/06/2012
Senado faz homenagem ao Dia do Meio Ambiente
Em seu discurso, Rollemberg falou sobre a necessidade de reformulação dos padrões mundiais de produção e consumo e aposta na economia verde como um instrumento para erradicação da pobreza
 
Por Sandra Turcato

Foto: Sheyla Leal
O senador Rodrigo Rollemberg (PSB/DF) presidiu a sessão solene do Congresso Nacional em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente. Ao  longo desta semana, serão realizados vários eventos para celebrar a data. Um dos temas mais citados durante o evento foi a Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, que começa na próxima semana, no Rio de Janeiro. 

Presidente do Brasil na época da Eco´92, o senador Fernando Collor (PTB/AL) destacou a importância de se pensar o desenvolvimento para os próximos 20 anos. "O Brasil está na vanguarda da luta pela preservação do planeta”, afirmou o parlamentar, que presidente a Comissão de Relações Exteriores do Senado. Para ele, chegou a hora de traçar um novo paradigma de desenvolvimento. "Precisamos inovar e criar novas formas de produção e de consumo, lembrando que há limites para a utilização de nossos recursos naturais”, acrescentou. 

O ministro Herman Benjamin, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), destacou que o Brasil não pode retroceder nas conquistas em defesa do meio ambiente. "É isso que nos dá esperança de um futuro melhor, a nós e às gerações futuras”, destacou. 
 
Secretária de Cidadania e Diversidade Cultural do Ministério da Cultura, Márcia Rollemberg trouxe a saudação da ministra da Cultura, Ana de Hollanda. "Temos de lembrar que as comunidades tradicionais e indígenas são grandes guardiãs do meio ambiente”, afirmou. Ela também destacou o papel da cultura para se pensar novas formas de preservar o meio ambiente. 
 
Também participaram da sessão solene o deputado Mendes Thames (PSDB/SP), representando a Comissão de Meio Ambiente da Câmara dos Deputados, assim como a senadora Ana Amélia (PP/RS) e o deputado Luís Couto (PT/PB). Alunos da Escola Classe 66 do Sol Nascente, de Ceilândia, assistiram à sessão.
 
Ao final, o senador Rollemberg agradeceu a presença das autoridades e dos estudantes. Presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado e um dos representantes da Casa na Rio+20, ele destacou que, neste momento, o mundo tem seus olhos voltados para o Brasil. "Primeiro porque há 20 anos o Brasil realizou uma das mais importantes conferências da ONU sobre o meio ambiente, a Eco´92, quando foram assinados tratados internacionais da maior relevância para a preservação ambiental”, explicou. "Segundo porque aliamos crescimento com redução das desigualdades e do desmatamento, em um ambiente democrático”, acrescentou. "Nossa responsabilidade é muito grande”, concluiu Rollemberg. 

"Falhamos no processo de implementação da Eco´92, temos de tomar providências urgentes e definir metas claras e ousadas para a Rio+20”, defendeu o senador. "Devemos estabelecer novos padrões de desenvolvimento, levando em conta o desenvolvimento econômico, mas também a questão social e ambiental, temos de construir novos paradigmas de desenvolvimento”, detalhou Rollemberg. "Este Dia do Meio Ambiente nunca representou tanto para o Brasil, hoje somos protagonistas e vivemos um grande momento de mobilização e conscientização”, finalizou.


Fonte: Sandra Turcato - Assessora de Imprensa do senador Rodrigo Rollemberg