Atualizado em :01/06/2012
Senado inicia programação do Dia do Meio Ambiente
Na terça-feira (5), o Senado recebe o diretor-executivo do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), Achim Steiner, que falará sobre a Rio+20.  Antes da audiência com Steiner ocorre o lançamento da 11ª edição da revista Em Discussão!
 
Foto: internetO Senado iniciou nesta segunda-feira (4) a programação alusiva ao Dia Mundial do Meio Ambiente, com sessão solene do Congresso Nacional, ao meio-dia. Comemorado anualmente em 5 de junho, o Dia Mundial do Meio Ambiente foi estabelecido pelas Nações Unidas em 1972, durante a conferência sobre ambiente humano em Estocolmo, na Suécia. O objetivo das homenagens é conscientizar a população sobre a necessidade de preservação dos recursos naturais.

Na terça-feira (5), a Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) e a Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) recebem o diretor-executivo do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), Achim Steiner, que falará sobre a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável - Rio+20. A reunião será às 17h30, no plenário 6, da ala senador Nilo Coelho.

Revista da Rio+20- Antes da audiência pública com Achim Steiner ocorre o lançamento da 11ª edição da revista Em Discussão!, sobre a Rio+20. A publicação elaborada pela Secretaria Especial de Comunicação Social do Senado aborda as audiências públicas realizadas pelas comissões temáticas da Casa, bem como a participação do Senado na conferência do Rio, cujos eventos paralelos já começam no próximo dia 13, sendo que a cúpula de chefes de estado e de governo será de 20 a 22 deste mês. A revista também será distribuída na Rio+20.

Segundo o presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado, Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), este ano o Dia Mundial do Meio Ambiente, que tem como tema "Economia Verde: Ela te inclui?”, se reveste de significado especial por causa da Rio+20, que debaterá alternativas para a criação de um novo modelo de desenvolvimento sustentável. "O momento é decisivo. Para se tornar o ponto de partida de um novo ciclo de desenvolvimento global sustentável, com inclusão social, a Rio+20 precisa ousar, avaliar resultados, reconhecer falhas e, principalmente, apontar caminhos”, disse o senador.

Exposições- Do dia 5 ao dia 15 acontecem duas exposições organizadas pela CMA. A "Rios Voadores”, no Espaço Ivandro Cunha, reúne fotografias, pesquisas e animações digitais que serão transmitidas em telas de TV, além de um vídeo com depoimentos de especialistas em hidrologia, meteorologia, ecologia, geofísica e ciências atmosféricas. Já a mostra fotográfica "O Azul do Verde-Amarelo”, no Senado Galeria, é relativa às bacias hidrográficas do Brasil.
Fonte: Dinêz Costa - Ascom do senador Rodrigo Rollemberg