Atualizado em :20/04/2012
Rollemberg: Brasília completa 52 anos em estado de alerta
Para o senador, se hoje Brasília se encontra em processo acelerado de colapso, isso comprova a urgência de uma retomada da própria reinvenção da cidade a partir de seus fundamentos de criação 
 
DivulgaçãoBrasília completa 52 anos, neste sábado, em estado de alerta. Essa avaliação foi feita pelo senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), esperançoso de que denúncias de corrupção e disparidades socioeconômicas enfrentadas não deixem sua população prostrada, mas sirvam de estímulo ao fortalecimento da cidade. "Não podemos permitir que o sonho original (de criação de Brasília) seja lembrado como uma vaga lembrança de uma utopia abortada", alertou Rollemberg.

O parlamentar defendeu a reinvenção da cidade a partir das diretrizes traçadas pelos pioneiros em sua construção. "Se a cidade compartilha dos mesmos problemas sociais, políticos e econômicos de outras partes do país, Brasília se torna singular, por ter permitido a conquista do interior brasileiro", ressaltou Rollemberg.

A importância da cidade para o desenvolvimento das regiões Centro-Oeste e Norte também foi reconhecida pelo senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR). Mesmo sem ser braziliense, Mozarildo se mostrou indignado e protestou contra a tentativa de se atribuir a Brasília a pecha de "sede dos corruptos”. 

"Apesar dos problemas da cidade, tenho fé de que iremos suplantá-los. Afinal, se trata da capital de todos os brasileiros", comentou o representante da Amazônia. A senadora Ana Amélia (PP-RS) se disse convencida de que valeu à pena o custo pago pelo país para deslocar a Capital Federal do litoral para o interior."É possível reencontrar um caminho fora desse que está nos alarmando. O povo (de Brasília) merece respeito porque trabalha com honestidade para fazer a cidade cada vez mais bonita", declarou.

Educação integral

Na próxima segunda-feira (23), o Senado Federal faz uma sessão especial de homenagem aos 50 anos da Universidade de Brasília (UnB). A solenidade foi citada por Rodrigo Rollemberg, que reivindicou o resgate da proposta educacional dos fundadores da cidade: oferta de ensino em tempo integral nas escolas parque do Distrito Federal.

Fonte: Agência Senado