Atualizado em :08/09/2011
Unidos contra a corrupção
Manifestantes promovem passeata contra a corrupção, na Esplanada dos Ministérios, no Dia da Independência. Rollemberg participou do ato que chamou a atenção para os escândalos envolvendo desvios de dinheiro público
 

Sheyla Leal

O movimento que começou tímido nas redes sociais tomou a Esplanada dos Ministérios neste 7 de setembro. Cerca de 15 mil pessoas – a maioria jovens – participaram da Marcha contra a Corrupção. A concentração foi no Museu Nacional e ocupou as quatro pistas do Eixo Monumental.

Com faixas e cartazes, os manifestantes caminharam até a Praça dos Três Poderes e seguiram até o Palácio do Buriti, cantando músicas de protesto.


Mesmo com o pé direito quebrado, o senador Rodrigo Rollemberg (PSB/DF) fez questão de participar do ato. "Essa manifestação é um sinal de que a população não suporta mais corrupção”, disse. "No DF, é preciso cobrar os desdobramentos do escândalo da Caixa de Pandora”, lembrou o senador.


Entre as reivindicações do movimento, criado pela internet há cerca de um mês, estão o voto aberto no Congresso Nacional, a votação do projeto de lei apresentado no Senado que considera a corrupção crime hediondo e a aplicação da Lei da Ficha Limpa.


Os manifestantes lavaram a rampa lateral do Congresso e a parede do Ministério da Agricultura. Depois do fim do desfile em homenagem à Independência do Brasil, muitas pessoas se juntaram à marcha. 


 

Fonte: Ascom do senador Rodrigo Rollemberg