*/ Senador de Bras?lia:Agradecimento aos professores do DF pelo fim da greve
 
http://twitter.com/rollembergpsb http://www.facebook.com/pages/Rodrigo-Rollemberg/211341845581927 http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=3314995351568856873 http://www.youtube.com/rollembergpsb http://www.flickr.com/photos/rodrigorollemberg
 
Discursos
         
Tamanho do texto
Atualizado em :02/05/2012
Agradecimento aos professores do DF pelo fim da greve
 
O SR. RODRIGO ROLLEMBERG (Bloco/PSB – DF. Pronuncia o seguinte discurso. Sem revisão do orador.) – Sr. Presidente, Srªs e Srs. Senadores, serei muito breve, apenas para registrar, com satisfação, o encerramento, hoje pela manhã, depois de uma assembleia bastante concorrida, a suspensão, da greve dos professores do Distrito Federal, que já durava mais de 50 dias.

E quero cumprimentar, aqui, o movimento dos professores, por terem tomado a decisão, de forma unida – apenas uma pequena minoria foi contra a suspensão da greve –, E queria fazê-lo nos nomes das professoras e professores Rosilene Correa, Washington Dourado, Isabel Portuguez, Cleber Soares e Berenice Darc que foram os representantes da Comissão de Negociação, que junto com a Central Única dos Trabalhadores, junto com a Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação negociaram com a bancada federal, que tenho a honra de coordenar no Congresso Nacional, com a OAB e UnB uma solução para o impasse.

Na semana retrasada, nós fomos procurados pelo Sindicato dos Professores que solicitou uma reunião com a bancada federal. Naquele momento recebemos a solicitação de que a bancada federal buscasse intermediar um entendimento, já que estavam difíceis as negociações entre o Sindicato dos Professores e o Governo do Distrito Federal. 

Por sugestão minha, por iniciativa minha procurei a Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Distrito Federal, na pessoa do seu Presidente, Dr. Caputo Neto, e a Universidade de Brasília, na figura do seu Reitor José Geraldo, pelo respeito e credibilidade que essas instituições têm no Distrito Federal, para que pudéssemos essas instituições junto com a bancada buscar mediar um entendimento entre professores e Governo do Distrito Federal.

Isso demonstra, Sr. Presidente, Srªs e Srs. Senadores, o quanto a bancada federal pode colaborar para resolver problemas do Distrito Federal e do Governo do Distrito Federal. Não foi a primeira vez que a bancada se ofereceu para colaborar, para mediar um entendimento. 

E quero registrar, quero cumprimentar a direção do Movimento dos Professores que atendendo a um apelo dessa comissão – OAB, UnB e Bancada Federal, com a participação de alguns Deputados Distritais – resolveu desocupar de forma pacífica o prédio da Secretaria de Educação, o Anexo do Buriti, na última sexta-feira, quando o Governo do Distrito Federal tinha entrado com a reintegração de posse e o Juiz pressionava o Governo do Distrito Federal para que fizesse a desocupação através da Polícia Militar, inclusive ameaçando prender o Comandante da Policia Militar.

Por uma decisão acertada do Governo do Distrito Federal que se negou a fazer a desocupação com violência. Por mais uma vez, com a intermediação dessa Comissão, eu pessoalmente estive presente no anexo do Buriti, os professores desocuparam aquele prédio, criando um ambiente que permitiu a retomada do diálogo, posteriormente a construção de um entendimento.

A forma foi de buscar ouvindo os professores e ouvindo o Governo do Distrito Federal, que apontou as suas limitações em relação à Lei de Responsabilidade Fiscal, a Comissão buscou mediar no sentido de construir uma proposta que pudesse ser aceita pelo Governo do Distrito Federal e que pudesse ser apresentada pelo comando de greve na assembleia, o que foi feito hoje e que garantiu a suspensão da greve com o compromisso de que em setembro serão abertas mesas de negociação, ou seja, o Governo do Distrito Federal reabrirá o debate com os professores da Rede Pública do Distrito Federal ficando comprometido, já a partir do mês de junho, um auxilio saúde no valor de R$ 200,00 (duzentos reais). E uma das reivindicações dos professores é a incorporação da Tidem, que é uma gratificação recebida pelos professores. 

O Governo se compromete a incorporar no prazo máximo de quatro anos, fazendo com que em setembro, quando já terá o resultado fiscal dos dois primeiros quadrimestres do ano, reavaliará a possibilidade de antecipar a incorporação da Tidem, num prazo menor do que os quatro anos. Todas as outras despesas, todos os outros acordos que já haviam sido negociados e que havia já entendimento entre o Governo do Distrito Federal e os professores, o Governo se compromete, num prazo de 30 dias, encaminhar à Câmara Legislativa do Distrito Federal, através de projetos de lei.

Os professores também se comprometem a fazer a reposição integral dos dias parados e é muito importante essa decisão para que não haja nenhum prejuízo, para que não haja prejuízo maior para os alunos da Rede Pública do Distrito Federal, que ficaram sem aula ao longo desses mais de 50 dias.

Entendo que essa é uma decisão muito importante; por isso, deve ser registrada aqui, na tribuna do Senado Federal, para que a cidade volte à sua normalidade, especialmente nessa área absolutamente fundamental e indispensável para o futuro do Distrito Federal, especialmente das nossas crianças.

Quero registrar que, muitas vezes, fui abordado por pessoas simples nas ruas, aqui mesmo no Congresso Nacional. Por mais de uma vez, fui abordado por servidores, por pais, preocupados com a continuidade da greve, com a dificuldade de manter as suas crianças em casa e com a perda de parte do ano letivo. 

Portanto, tenho convicção de que essa decisão correta da assembleia dos professores vem contribuir para trazer normalidade à vida cotidiana do Distrito Federal. Não posso, aqui, deixar de agradecer, em nome da bancada federal, como seu coordenador, a participação dos Deputados Federais e dos Senadores do Distrito Federal nesse processo que permitiu essa mediação e, de forma muito especial, quero fazer o registro das presenças e da participação do Reitor José Geraldo, da Universidade de Brasília, e do Dr. Caputo Neto, Presidente da OAB do Distrito Federal, que se colocaram pessoal e inteiramente à disposição, participando de várias reuniões demoradas, reuniões que demoraram horas e horas, reuniões inclusive ao longo deste final de semana e do feriado, mas que contribuíram para a apresentação dessa proposta, dessa mediação, aceita pelo Governo do Distrito Federal e hoje, pela manhã, aceita pelos professores. 

No nosso entendimento, esse movimento deveria ser encerrado sem vencedores nem vencidos. Para uma categoria importante como a categoria dos professores, é importante que essa greve fosse encerrada não como uma derrota imposta aos professores porque isso não seria bom para a nossa cidade. 

Portanto, quero cumprimentar, especialmente aos professores, pela decisão de hoje, que permitiu o encerramento da greve e a volta à normalidade, especialmente a essa comissão de negociação, que procurou a bancada do Distrito Federal: as professoras Rosilene Correa, Isabel Portuguez, Berenice Darc e os professores Washington Dourado, Cleber Soares e, em nome deles, cumprimentar todos os professores e professoras do Distrito Federal.

Muito obrigado, Sr. Presidente.
Fonte:
 
 
fazer comentario comentários
imprimir

 

Mais Discurso
#VotoAbertoJá - [04/09/2013]
Programa Mais Médicos - [07/08/2013]
Homenagem a Marighella - [07/07/2013]

 
   Últimas Notícias
Cidadania
Rollemberg cobra nomeação de aprovados em concurso do Senado
Pesquisas
Rollemberg comenta pesquisa que aponta insatisfação dos brasileiros com questões básicas
Distrito Federal
Ministério Público e pesquisadores defendem manutenção da área da Embrapa Cerrados
Cidadania
Senado debate ameaça de retirada da Embrapa Cerrados
Política
PSB e Rede apresentam diretrizes de programa de governo para o DF
Ciência e Tecnologia
Embrapa inaugura Banco Genético e comemora os 41 anos da empresa
Política
Elogios a decisão do STF sobre CPI exclusiva para Petrobras
Distrito Federal
Rollemberg lembra aniversário de Brasília e prega o fim da desigualdade no DF
Política
Oposição indica servidor do Senado para vaga de ministro do TCU
Cidadania
Rollemberg: Datafolha revela declínio econômico resultante dos erros de Dilma
Educação
CPI com investigação ampla enfraquece o Legislativo, afirma Rollemberg
Meio Ambiente
Números de relatório sobre mudança climática do IPCC são alarmantes, alerta Rollemberg
PSB
Rollemberg explica posição do PSB em relação à CPI da Petrobras
Distrito Federal
Senador alerta para risco de criação de novas cidades no DF
Cidadania
Rollemberg defende regulamentação profissional de artesãos

Vídeo

 

footer_down_01