*/ Senador de Bras?lia:Comemoração do 144º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo
 
http://twitter.com/rollembergpsb http://www.facebook.com/pages/Rodrigo-Rollemberg/211341845581927 http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=3314995351568856873 http://www.youtube.com/rollembergpsb http://www.flickr.com/photos/rodrigorollemberg
 
Discursos
         
Tamanho do texto
Atualizado em :03/08/2011
Comemoração do 144º aniversário da Batalha Naval do Riachuelo
 
O SR. RODRIGO ROLLEMBERG(PSB – DF. Pronuncia o seguinte discurso. Sem revisão do orador.) – Sr. Presidente desta sessão, Exmº Sr. Deputado Federal Odair Cunha; prezado Senador José Nery, signatário do requerimento para a realização desta presente sessão; Exmº Sr. Deputado Colbert Martins e Exmª Srª Deputada Federal Rebecca Garcia, também signatários do requerimento para a realização desta sessão solene; Exmº Sr. Deputado Federal Paes de Lira; Exmº Sr. Deputado Federal Flávio Bezerra; prezado Almirante de Esquadra da Marinha do Brasil, Exmº Sr. Júlio Soares de Moura Neto; Sr. Chefe do Estado-Maior, General de Exército, Exmº Sr. Darke Nunes de Figueiredo, representando aqui o Comandante do Exército; Tenente-Brigadeiro-do-Ar, Exmº Sr. Juniti Saito, Comandante da Aeronáutica; Almirante da Marinha do Brasil, Exmº Sr. Aurélio Ribeiro da Silva Filho, Chefe do Estado-Maior da Armada; Almirante da Marinha do Brasil, Exmº Sr. João Afonso Prado Maia de Faria, Chefe do Estado-Maior de Defesa; Exmºs Srs. Oficiais Generais; Srs. Adidos Militares e Navais das Nações Amigas; prezados Deputados; prezadas Deputadas, é uma honra muito grande representar a Liderança do Partido Socialista Brasileiro (PSB) neste momento em que comemoramos o 144º aniversário da Batalha Naval doRiachuelo, data magna da Marinha Brasileira. E essa honra se reveste de um conteúdo ainda maior em função do momento que o Brasil vive no cenário mundial.

Em todos os anos da história brasileira, pela primeira vez, o Brasil ocupa um lugar de destaque no cenário mundial, o que torna ainda mais importante, estratégico e fundamental o fortalecimento das Forças Armadas Brasileiras (FAB). Se olharmos algumas das condições que colocam o Brasil de forma diferenciada no cenário mundial, perceberemos que, em todas elas, a Marinha tem ou terá papel fundamental a cumprir. Refiro-me, por exemplo, ao levantamento da plataforma continental brasileira, às riquezas recentemente descobertas do pré-sal, ao próprio controle e defesa da Amazônia Brasileira ou às pesquisas desenvolvidas na Antártica pelo Brasil, com o apoio de cientistas brasileiros e de todo o mundo.

Considero o Plano de Levantamento da Plataforma Continental Brasileira (Leplac) uma das questões mais importantes para o País. Talvez, a melhor notícia que o Brasil receberá na próxima década seja a ampliação do seu território marítimo pelo levantamento da plataforma continental. É importante ressaltar a propósito que, no ano passado, o Congresso Nacional brasileiro destinou R$ 167,4 milhões à conclusão de estudos referentes ao tema – cumprimento o Deputado Julio Semeghini, grande defensor da ciência, da tecnologia e da inovação –, e, para esse fim, foi contratado o navioSea Survival, que, tendo partido do litoral sul brasileiro, já vem fazendo os levantamentos sísmicos, que serão concluídos em janeiro de 2010 no cone do rio Amazonas.

É importante salientar que, nos primeiros estudos apresentados pelo Brasil à Comissão de Limites da ONU – e aí quero ressaltar o papel da Secretaria Interministerial para os Recursos do Mar, que coordena esse projeto, em parceria com a Petrobras e com diversas universidades brasileiras –, foi reconhecido pela Comissão o direito do Brasil sobre novos 750 mil quilômetros quadrados de território marítimo. No entanto, o Brasil não se conformou e, como prevê o tratado, estará apresentando novos estudos a partir desses levantamentos que já se iniciaram no litoral sul brasileiro.

No que se refere ao pré-sal, especialistas indicam que dali poderemos obter entre cem e trezentos bilhões de novos barris de petróleo, o que coloca o Brasil no patamar dos países que mais produzem petróleo no mundo. É claro que precisamos resguardar toda essa riqueza, e, mais uma vez, a Marinha brasileira tem papel fundamental a desempenhar.

Tive a oportunidade e, como brasileiro, tive a honra de conhecer o Centro Tecnológico da Marinha de Aramar, na cidade de Iperó, em São Paulo, na companhia do nosso ex-Prefeito da região, Deputado Renato. Ali pude testemunhar que, quando o Brasil investe em ciência, em tecnologia, em inovação e em conhecimento, o maior beneficiado é o povo brasileiro. Ali desenvolvemos uma tecnologia genuinamente nacional de enriquecimento de urânio e estamos também trabalhando na construção do submarino de propulsão nuclear, fundamental para guardar a costa brasileira e suas riquezas, as antigas e as recentemente descobertas.

No que se refere à Amazônia, o principal meio pelo qual é feito o transporte naquela região são os rios, e a Marinha brasileira, além de fazer a guarda junto com o Exército – tive oportunidade também de conhecer alguns pelotões e batalhões do Exército localizados na região amazônica –, além de fazer todo o trabalho de defesa, desenvolve imenso trabalho social com seus navios-hospitais.

Quanto à Antártica, há ali uma cooperação entre os diversos países do mundo que assinaram o Tratado da Antártica, que garante a utilização de meios apenas para a pesquisa científica e tecnológica, sem a exploração econômica, promovendo uma cooperação mundial, para compreender o fenômeno das mudanças climáticas e muitos outros fenômenos que ainda não foram descobertos.

A Marinha Brasileira, mais uma vez – também tive a honra de conhecer a base brasileira na Antártica –, é que garante toda a infraestrutura necessária para que os pesquisadores brasileiros, entre eles muitos pesquisadores da Marinha, possam ali desenvolver seus trabalhos, para conhecer toda a sistemática dos oceanos e a sistemática do aquecimento global e das mudanças climáticas.

O que falar do papel dos oceanos, essa imensa Amazônia azul ainda não conhecida adequadamente, ainda não explorada adequadamente, com imenso potencial de biodiversidade? Aqui, mais uma vez, a Marinha tem papel fundamental, e precisamos garantir os recursos necessários para, cada vez mais, conhecermos esse imenso bioma marítimo.

Quero aqui registrar também o papel da Marinha, o papel de solidariedade e de socorro da Marinha nesse triste episódio do acidente do Airbus que caiu no mar. É digno de nota o trabalho da Marinha no resgate de corpos, no resgate de partes dessa aeronave, contribuindo para, pelo menos, permitir às famílias minorar um pouco seu sofrimento, com a localização das pessoas que se vitimaram naquele terrível acidente.

Digo isso para pedir o apoio de todos os parlamentares desta Casa a uma proposta que estamos apresentando à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), no sentido de impedir qualquer tipo de contingenciamento nos recursos destinados à área de defesa. Como eu disse, o Brasil vem ocupando um lugar de destaque no cenário internacional, e precisaremos, cada vez mais, de todo um sistema de defesa montado, aparelhado, adequado aos novos desafios e à nova posição que o Brasil ocupa no cenário internacional. Portanto, não podemos mais admitir qualquer tipo de contingenciamento nos recursos destinados à defesa nacional.

Quero aqui cumprimentar todos os Oficiais Generais das três Forças, quero cumprimentar todos aqueles que fazem parte da Marinha brasileira, do Exército brasileiro e da Aeronáutica brasileira pelos relevantes e estratégicos serviços que prestam ao País.

Concluindo, reitero que assegurar as condições adequadas para que essas Forças Armadas possam agir e atuar na sua missão constitucional é defender a soberania brasileira.

Parabéns a todos vocês! (Palmas.)
Fonte:
 
 
fazer comentario comentários
imprimir

 

Mais Discurso
A FACA DO FAC - [29/04/2014]
Dia do Artesão - [19/03/2014]

 
   Últimas Notícias
Pesquisas
Rollemberg comenta pesquisa que aponta insatisfação dos brasileiros com questões básicas
Distrito Federal
Ministério Público e pesquisadores defendem manutenção da área da Embrapa Cerrados
Cidadania
Senado debate ameaça de retirada da Embrapa Cerrados
Política
PSB e Rede apresentam diretrizes de programa de governo para o DF
Ciência e Tecnologia
Embrapa inaugura Banco Genético e comemora os 41 anos da empresa
Política
Elogios a decisão do STF sobre CPI exclusiva para Petrobras
Distrito Federal
Rollemberg lembra aniversário de Brasília e prega o fim da desigualdade no DF
Política
Oposição indica servidor do Senado para vaga de ministro do TCU
Cidadania
Rollemberg: Datafolha revela declínio econômico resultante dos erros de Dilma
Educação
CPI com investigação ampla enfraquece o Legislativo, afirma Rollemberg
Meio Ambiente
Números de relatório sobre mudança climática do IPCC são alarmantes, alerta Rollemberg
PSB
Rollemberg explica posição do PSB em relação à CPI da Petrobras
Distrito Federal
Senador alerta para risco de criação de novas cidades no DF
Cidadania
Rollemberg defende regulamentação profissional de artesãos
Copa do Mundo
Rollemberg denuncia superfaturamento em obras do estádio de Brasília

Vídeo

 

footer_down_01