*/ Senador de Bras?lia:Contra a redução sdalarial dos servidores da FIOCRUZ
 
http://twitter.com/rollembergpsb http://www.facebook.com/pages/Rodrigo-Rollemberg/211341845581927 http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=3314995351568856873 http://www.youtube.com/rollembergpsb http://www.flickr.com/photos/rodrigorollemberg
 
Discursos
         
Tamanho do texto
Atualizado em :17/03/2009
Contra a redução sdalarial dos servidores da FIOCRUZ
 
O SR. RODRIGO ROLLEMBERG (Bloco/PSB-DF. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, após a edição da Medida Provisória nº 441, de 2008, os funcionários da FIOCRUZ buscaram o apoio dos Parlamentares para a inclusão de emendas que corrigissem distorções em relação ao que havia sido acordado com a Secretaria de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento e o texto publicado na referida MP. Essas emendas foram aprovadas pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal, mas foram vetadas pelo Presidente da República.

Tivemos no Congresso Nacional o reconhecimento do mérito da emenda que recuperava o pagamento da GDACTSP (gratificação de desempenho) de maneira proporcional para os níveis superior e intermediário, com sua aprovação. Porém, no dia 2 de fevereiro deste ano, o Presidente Lula vetou a referida emenda ao sancionar a Lei nº 11.907, de 2009.

Com o veto presidencial e a derrubada da tabela de gratificação que constava na MP nº 441, o Ministério do Planejamento sinaliza com a possibilidade de reduzir os salários dos servidores de nível intermediário em até 10%, pois alegam no veto ser necessário aplicar o pagamento da gratificação conforme determinava a lei que regia o Plano de Carreiras da FIOCRUZ antes da emissão da MP nº 441 — ou seja, vai aplicar uma lei anterior em detrimento da nova legislação! Tal lei determinava que o pagamento da gratificação fosse de até 50% do Vencimento Básico (VB).

Na interpretação do Ministério do Planejamento, a aplicação do percentual se daria sobre o Vencimento Básico da lei anterior e não sobre o novo vencimento da Lei nº 11.907, de 2009, conforme publicado na MP nº 441, já corrigido em cerca de 30% e sancionado pelo Presidente Lula.

Como primeira opção, uma vez que não foi derrubada a nova tabela de vencimento básico, para efeito de pagamento da gratificação de desempenho, até que o Planejamento corrija tal problema, por meio de novo instrumento legislativo, medida provisória ou projeto de lei, a aplicação dos 50% sobre o Vencimento Básico deve ser sobre o novo Vencimento Básico — VB, o que evita perda para os servidores da FIOCRUZ.

A segunda possibilidade de solução para o problema é a manutenção do que já vem sendo pago nos contracheques dos trabalhadores desde a edição da MP nº 441, que tem efeito sobre os salários desde julho de 2008, com a reprodução da última folha de pagamento anterior ao veto presidencial à emenda.

Vale ressaltar que na última folha de pagamento, em 16 de fevereiro, já sob a vigência da nova lei sancionada em 2 de fevereiro, o Ministério do Planejamento reproduziu a folha anterior, alegando inviabilidade técnica para implementar as mudanças necessárias, o que postergou a decisão definitiva sobre como realizar o pagamento da gratificação para a folha de março, que será fechada no próximo dia 20.

Com a proximidade do fechamento da próxima folha de pagamento e diante desse quadro, que naturalmente intranquiliza os trabalhadores da FIOCRUZ, solicito a intervenção do Ministro do Planejamento, Sr. Paulo Bernardo, para que os servidores não sofram qualquer tipo de redução salarial, o que seria ilegal e injusto. 

Certo de contar com o relevante apoio de S.Exa., desde já agradeço.
Fonte:
 
 
fazer comentario comentários
imprimir

 

Mais Discurso
A FACA DO FAC - [29/04/2014]
Dia do Artesão - [19/03/2014]

 
   Últimas Notícias
Pesquisas
Rollemberg comenta pesquisa que aponta insatisfação dos brasileiros com questões básicas
Distrito Federal
Ministério Público e pesquisadores defendem manutenção da área da Embrapa Cerrados
Cidadania
Senado debate ameaça de retirada da Embrapa Cerrados
Política
PSB e Rede apresentam diretrizes de programa de governo para o DF
Ciência e Tecnologia
Embrapa inaugura Banco Genético e comemora os 41 anos da empresa
Política
Elogios a decisão do STF sobre CPI exclusiva para Petrobras
Distrito Federal
Rollemberg lembra aniversário de Brasília e prega o fim da desigualdade no DF
Política
Oposição indica servidor do Senado para vaga de ministro do TCU
Cidadania
Rollemberg: Datafolha revela declínio econômico resultante dos erros de Dilma
Educação
CPI com investigação ampla enfraquece o Legislativo, afirma Rollemberg
Meio Ambiente
Números de relatório sobre mudança climática do IPCC são alarmantes, alerta Rollemberg
PSB
Rollemberg explica posição do PSB em relação à CPI da Petrobras
Distrito Federal
Senador alerta para risco de criação de novas cidades no DF
Cidadania
Rollemberg defende regulamentação profissional de artesãos
Copa do Mundo
Rollemberg denuncia superfaturamento em obras do estádio de Brasília

Vídeo

 

footer_down_01