*/ Senador de Bras?lia:Homenagem a Lucio Costa
 
http://twitter.com/rollembergpsb http://www.facebook.com/pages/Rodrigo-Rollemberg/211341845581927 http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=3314995351568856873 http://www.youtube.com/rollembergpsb http://www.flickr.com/photos/rodrigorollemberg
 
Discursos
         
Tamanho do texto
Atualizado em :02/03/2009
Homenagem a Lucio Costa
 

O SR. PRESIDENTE (Luiz Couto) - Concedo a palavra ao nobre Deputado Rodrigo Rollemberg

O SR. RODRIGO ROLLEMBERG (Bloco/PSB-DF. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, no último dia 27 de fevereiro, completaria 107 anos de idade o nosso querido Lucio Costa, que nasceu na França, filhos de pais brasileiros que prestavam serviço no exterior. 

O nosso querido Lucio Costa veio a se tornar o mais importante urbanista brasileiro, autor de traços tão simples e ao mesmo tempo tão geniais que se consagraram com a construção de Brasília, quando venceu o então concurso do Plano Piloto.

O nosso querido Lucio Costa obteve maciço reconhecimento da população do Distrito Federal, recentemente, quando realizamos um grande debate sobre a possibilidade da construção de uma praça, em plena Esplanada dos Ministérios. 

A população de Brasília se mobilizou para defender o projeto original da cidade que, de tão belo, precioso e singular, tornou-se Patrimônio Cultural da Humanidade. É a única cidade que, no mesmo século em que foi concebida e criada, foi declarada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO. 

Nós, brasilienses, queremos render nossas homenagens a esse grande urbanista que, junto com o arquiteto Oscar Niemeyer e com o Presidente Juscelino Kubitschek, transformaram Brasília na grande demonstração da capacidade de realização do povo brasileiro. 

Muito obrigado, Sr. Presidente. 

(PRONUNCIAMENTO ENCAMINHADO PELO GABINETE)

O SR. RODRIGO ROLLEMBERG (Bloco/PSB-DF. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, no dia 27 de fevereiro de 1902, nascia em Toulon, filho de pais brasileiros em serviço no exterior, nascia Lucio Costa, que viria a se tornar nosso mais insigne urbanista e o autor dos traços tão simples quanto geniais que deram forma ao sonho de JK e se imortalizaram na construção de Brasília.

Ainda estivesse vivo, Lucio Costa teria recebido, com cerca de 1 mês de antecipação, um presente precioso: o reconhecimento maciço da população de Brasília do valor de sua obra; mais: a manifestação pronta e enérgica em defesa de seu legado. De fato, Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, a partir do início de janeiro deste ano, os brasilienses tomaram conhecimento do projeto da Praça da Soberania de autoria do não menos ilustre e genial Oscar Niemeyer.

No entanto, a praça, postada no meio da Esplanada dos Ministérios, alteraria sensivelmente a proposta urbanística do Plano Piloto e, mesmo louvando a beleza e graça do novo monumento de Niemeyer à arquitetura da cidade, a maioria esmagadora das pessoas disse não à sua construção, em atitude de zelo em favor de nossa memória cultural e da obra de Lucio Costa.

Diante da reação popular, Niemeyer teve a grandeza de retirar sua proposta e, em recente entrevista concedida ao Globo News, declarou com a sensibilidade humanística que sempre o caracterizou que as pessoas são mais importantes que a arquitetura.

Essa declaração traduz exemplarmente o que hoje é Brasília criação de JK, Lucio Costa, Oscar Niemeyer, Burle Marx, Athos Bulcão, dos candangos e de todos os moradores da Capital, das demais cidades do Distrito Federal e do Entorno: o encontro entre competência técnica, beleza e calor humano.

É verdade, Srs. Parlamentares, que ainda não aprendemos a gerir e preservar devidamente o tesouro histórico e cultural que é Brasília, tombada pela UNESCO em 1987 como patrimônio da humanidade, pois nem todos têm o devido carinho e cuidado por nossa herança cultural. Além disso, não é fácil compatibilizar, de um lado, as novas demandas postas pelo crescimento urbano e o dinamismo da vida moderna, de outro, os reclamos da tradição.

De qualquer modo, a vitória do bom senso e do amor pelas características fundamentais de Brasília, na polêmica acerca da Praça da Soberania, abrem perspectivas auspiciosas. Dali provirá parte fundamental da energia que confluirá para os festejos dos 50 anos da Capital da República, a serem celebrados no ano que vem, oportunidade para projetarmos os próximos 50 anos da cidade.

A esse respeito, nunca é demais frisar: só haverá planejamento bem-sucedido para Brasília se houver planejamento bem-sucedido para o Brasil. E, mais especificamente, se não formos capazes de encontrar soluções adequadas para o Centro-Oeste, os problemas que hoje afligem a Capital, em boa medida semelhantes àqueles encontrados em outros grandes centros urbanos do país, permanecerão sem solução.

Encaminhei à Mesa Diretora desta Casa proposta de criação de uma comissão especial para cuidar dos festejos dos 50 anos de Brasília e premiar a cidade com a aprovação de medidas legislativas relevantes. O comprometimento da Câmara dos Deputados e do Senado Federal com esta celebração será uma forma de resgatar um aspecto fundamental da edificação de Brasília, que não nasceu somente para ser a nova Capital, mas também a materialização da esperança de um novo Brasil.

Eu ia concluir, Sr. Presidente, dizendo que o grande ausente desta festa seria Lucio Costa. Mais correto, porém, é afirmar sua presença perene em nossas vidas: nas ruas e jardins desta cidade-parque; na inspiração de um País melhor para todos.

Muito obrigado.

Fonte:
 
 
fazer comentario comentários
imprimir

 

Mais Discurso
A FACA DO FAC - [29/04/2014]
Dia do Artesão - [19/03/2014]

 
   Últimas Notícias
Cidadania
Rollemberg cobra nomeação de aprovados em concurso do Senado
Pesquisas
Rollemberg comenta pesquisa que aponta insatisfação dos brasileiros com questões básicas
Distrito Federal
Ministério Público e pesquisadores defendem manutenção da área da Embrapa Cerrados
Cidadania
Senado debate ameaça de retirada da Embrapa Cerrados
Política
PSB e Rede apresentam diretrizes de programa de governo para o DF
Ciência e Tecnologia
Embrapa inaugura Banco Genético e comemora os 41 anos da empresa
Política
Elogios a decisão do STF sobre CPI exclusiva para Petrobras
Distrito Federal
Rollemberg lembra aniversário de Brasília e prega o fim da desigualdade no DF
Política
Oposição indica servidor do Senado para vaga de ministro do TCU
Cidadania
Rollemberg: Datafolha revela declínio econômico resultante dos erros de Dilma
Educação
CPI com investigação ampla enfraquece o Legislativo, afirma Rollemberg
Meio Ambiente
Números de relatório sobre mudança climática do IPCC são alarmantes, alerta Rollemberg
PSB
Rollemberg explica posição do PSB em relação à CPI da Petrobras
Distrito Federal
Senador alerta para risco de criação de novas cidades no DF
Cidadania
Rollemberg defende regulamentação profissional de artesãos

Vídeo

 

footer_down_01