*/ Senador de Bras?lia:O papel essencial do turismo cívico
 
http://twitter.com/rollembergpsb http://www.facebook.com/pages/Rodrigo-Rollemberg/211341845581927 http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=3314995351568856873 http://www.youtube.com/rollembergpsb http://www.flickr.com/photos/rodrigorollemberg
 
Discursos
         
Tamanho do texto
Atualizado em :20/11/2009
O papel essencial do turismo cívico
 

O SR. RODRIGO ROLLEMBERG (Bloco/PSB-DF. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Parlamentares, quando Secretário de Turismo do Governo do Distrito Federal, uma das coisas que me deu mais prazer foi iniciar o turismo cívico. Dar oportunidade para que pessoas de todo o País, especialmente estudantes e jovens, conhecessem a Capital, o Congresso Nacional, o Supremo Tribunal Federal, o Palácio do Planalto, o Palácio da Alvorada e o Itamaraty.

Recentemente, tive a honra de ser indicado pelo Presidente Michel Temer para coordenar uma Comissão Especial destinada a preparar as comemorações dos 50 anos de Brasília e dos 50 anos de transferência da Capital para o interior do País. Dentre as diversas iniciativas desta Comissão, que se iniciaram há cerca de duas semanas com o lançamento de um portfólio da Câmara dos Deputados produzido por funcionários da Casa, tivemos um seminário sobre turismo cívico. O evento contou com a participação da Universidade de Brasília, do IESB e outras instituições de ensino, e do setor produtivo.

Além disso, o evento contou com a presença do Vice-Governador do Distrito Federal e do Dr. Donovan Rypkema, Mestre em Preservação Histórica, que abordou o turismo cívico em Washington. Ele fez um paralelo entre aquela Capital americana e a Capital brasileira e deu diversas sugestões de como deve ser tratado o desenvolvido e o turismo cívico em nossa cidade e em nosso País.

Digo isso, Sr. Presidente, Sras. e Srs. Parlamentares, prezados convidados que nos honram com suas presenças, hoje, nas galerias da Casa, porque daqui a pouco receberemos a visita de em torno de 200 jovens ao Congresso Nacional, a partir da parceria do Centro de Excelência em Turismo da Universidade de Brasília com o programa Viaja Mais Jovem, do Ministério do Turismo.

Na verdade, estamos testando um material pedagógico, desenvolvido pelo Centro de Excelência em Turismo da Universidade de Brasília. Receberemos hoje em torno de 250 alunos e, na próxima sexta-feira, mais 250 de várias escolas das diversas cidades do Distrito Federal. Teremos aqui alunos de Sobradinho, do CEDI 3 e 4; de Brazlândia, do Centro de Ensino Médio 1 e do CEDI 3; de Santa Maria, do Centro de Ensino Médio 417; do Paranoá, do Centro de Ensino Médio 1 e do CEF Darci Ribeiro; de Planaltina, do CEDI Várzeas e do CEDI 1; de São Sebastião, do Centro de Ensino Médio 1; e do Gama, do Centro de Ensino Médio 1 e CEDI 6.

É absolutamente importante que as pessoas, além de terem a possibilidade de fazer um turismo de lazer, de conhecer todas as alternativas de entretenimento e lazer que Brasília oferece, sobretudo possam realizar um turismo de caráter educacional, que permitirá o conhecimento mais amplo, mais profundo, do papel de cada uma dessas instituições, o que elas representam dentro da consolidação da democracia. Tenho convicção de que todos os brasileiros que visitam esta Casa saem daqui com uma convicção democrática mais fortalecida.

Antes de concluir, Sr. Presidente, quero relatar, muito rapidamente, 2 episódios que tive oportunidade de presenciar, acompanhando 2 grupos diferentes de pessoas quando iniciávamos o turismo cívico nesta cidade. 

Um episódio ocorreu com um grupo de terceira idade que visitava as instalações do Itamaraty, recém-aberto a visitações, quando um senhor bastante idoso começou a chorar quase convulsivamente. Aquilo deixou-nos muito preocupados. Quando esse senhor conseguiu se acalmar, revelou-nos que havia participado da construção do Itamaraty e nunca tinha tido a oportunidade de visitar aquele monumento tão belo, uma das obras mais bonitas do arquiteto Oscar Niemeyer.

Outro episódio que tive a oportunidade de presenciar, extremamente emocionante, foi quando houve a marcha dos sem-terra em Brasília, com a presença de diversas crianças. Conseguimos 2 ônibus para que esses meninos, filhos de agricultores, conseguissem visitar o Congresso Nacional. Vieram todos uniformizados, vestidos de forma muito simples, com sandálias Havaianas, mas muito disciplinados, todos com caderno e lápis na mão, anotando tudo o que dizia a guia do Senado, naquele momento, ao entrarem no plenário do Senado Federal.

Tenho a convicção de que tanto um quanto o outro episódio reflete a importância do que significa a cada cidadão brasileiro o turismo cívico para a consolidação da democracia em nosso País.

Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, é esse o registro que, com muita satisfação, eu gostaria de fazer desta tribuna, nesta manhã de sexta-feira.

O SR. PRESIDENTE (Eduardo Sciarra) Obrigado, Deputado Rodrigo Rollemberg, Líder do Partido Socialista Brasileiro, a quem passo a Presidência. 

(PRONUNCIAMENTO ENCAMINHADO PELO GABINETE)

O SR. RODRIGO ROLLEMBERG (Bloco/PSB-DF. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Parlamentares, venho à tribuna no dia de hoje, com muito orgulho, falar sobre os avanços que o turismo cívico vem conquistando na capital da república. Desde 1996, época em que eu era Secretário de Turismo do Distrito Federal, tenho trabalhado arduamente para que, cada vez mais, estudantes e turistas venham conhecer as instituições representativas dos três poderes da república, a arquitetura e urbanismo da capital e a história da sua mudança do Rio de Janeiro para Brasília. 

Foi com grande esforço que conseguimos sensibilizar as instituições a abrirem suas portas para a visitação pública, inclusive nos finais de semana. Entendo que éum direito de todos poderem conhecer a Câmara dos Deputados, o Senado Federal, o Palácio do Planalto, o Itamaraty, o Supremo Tribunal Federal, entre tantos outros monumentos e instituições que representam o atual momento histórico de nosso País. Oferece-se uma oportunidade de fortalecer uma educação que consolida o conhecimento sobre os princípios e postulados da democracia, além de ser um exercício de cidadania. 

Estou tendo a honra de presidir a Comissão Especial Destinada a Preparar as Comemorações do Cinquentenário da Inauguração de Brasília e da Transferência do Congresso Nacional para a Nova Capital Federal. Realizamos, através da liderança do PSB na Câmara dos Deputados, o Seminário Brasília 50 anos: perspectivas para o turismo cívico. O evento integra um conjunto de ações da Câmara dos Deputados para celebrar a data e promover o resgate da memória institucional e política do Poder Legislativo no Brasil, de forma que os cidadãos brasileiros possam compreender a dimensão e as conseqüências estruturais da transferência das decisões políticas para o Centro do país.

O evento contou, entre outros, com a presença do Dr. Donovan Rypkema, mestre em preservação histórica, que abordou o turismo cívico na capital dos Estados Unidos, Washington, ressaltando o conceito de turismo cívico, apontando o forte paralelismo que existe entre Brasília e Washington e os princípios necessários para o desenvolvimento do turismo cívico em uma cidade.

Brasília possui uma rede hoteleira com uma capacidade ociosa nos finais de semana, companhias aéreas atuando com baixa densidade de ocupação e temos condições de propiciar a vinda de estudantes e grupos de todas as idades a Brasília, tendo como atrativos o conhecimento aliado ao papel institucional da capital da República e a imensa diversidade cultural existente.

Por meio de emenda parlamentar de minha autoria, destinada ao Ministério da Educação e executada pelo Centro de Excelência em Turismo CET, da Universidade de Brasília, referida emenda possibilitará, conjuntamente com o Programa Viagem Mais Jovem do Ministério Turismo, a mais de quinhentos estudantes de escolas do Distrito Federal, das localidades de Sobradinho (CED 03 e 04), Brazlândia (CEM 1 e CED 03), Santa Maria (CEM 417), Paranoá(CEM 01 e CEF Darcy Ribeiro), Planaltina ( CED Várzeas e CED 01), São Sebastião (CEM 01) e Gama ( CEM 01 e CED 06), virem conhecer o Congresso Nacional e outros pontos da cidade, através do Turismo Cívico, a partir desta sexta-feira, do dia 20 a 22 e 27 a 29 de novembro. Quero registrar o apoio e grande contribuição que a professora Ariadne do CET Turismo deu ao projeto, ressaltando o grande trabalho realizado. 
Aliado ao turismo cívico, o Programa "Viaja Mais Jovem", criado pelo Ministério do Turismo proporciona mais que viagens: é a inserção da população em seu próprio Estado. O turismo é uma atividade do setor privado, mas cabe também ao poder público gerar inclusão social e conhecimento. É isso que estamos propondo: um encontro não só de lazer, mas de conhecimento.

Estes jovens estudantes, oriundos das cidades e das áreas rurais do Distrito Federal, terão a oportunidade de conhecer vários pontos turísticos de Brasília durante vários dias, com uma programação que inclui as seguintes rotas: 
1) República e o Sonho Real: visitação do Congresso Nacional, Espaço Lúcio Costa, Itamaraty, Tribunais Superiores, Pontão da Lago Paranoá e o Parque Sara Kubitschek;
2) Construção de Brasília: visitação do Catetinho e Palácio da Alvorada;
3) Céu, Cerrado e Concreto: Catedral Metropolitana, Esplanada dos Ministérios e Torre da TV;
4) Brasil Brasília de todos os povos: Quartel General e Memorial dos Povos Indígenas;
5) Cultural: Centro Cultural Banco do Brasil;
6) Interiorização da Capital: Memorial JK e Museu da Memória Candanga.

Apoiando projetos desta natureza, tenho a certeza de que estamos, além de difundir o turismo interno, contribuindo para aprofundar o conhecimento histórico e cultural da nossa capital e do País, bem como das instituições que são fundamentais para a manutenção das bases nas quais se sustentam a nossa república.

Obrigado, Sr. Presidente. 

O Sr. Eduardo Sciarra, § 2º do artigo 18 do Regimento Interno, deixa a cadeira da presidência, que é ocupada pelo Sr. Rodrigo Rolemberg, § 2º do artigo 18 do Regimento Interno. 

Fonte:
 
 
fazer comentario comentários
imprimir

 

Mais Discurso
A FACA DO FAC - [29/04/2014]
Dia do Artesão - [19/03/2014]

 
   Últimas Notícias
Cidadania
Rollemberg cobra nomeação de aprovados em concurso do Senado
Pesquisas
Rollemberg comenta pesquisa que aponta insatisfação dos brasileiros com questões básicas
Distrito Federal
Ministério Público e pesquisadores defendem manutenção da área da Embrapa Cerrados
Cidadania
Senado debate ameaça de retirada da Embrapa Cerrados
Política
PSB e Rede apresentam diretrizes de programa de governo para o DF
Ciência e Tecnologia
Embrapa inaugura Banco Genético e comemora os 41 anos da empresa
Política
Elogios a decisão do STF sobre CPI exclusiva para Petrobras
Distrito Federal
Rollemberg lembra aniversário de Brasília e prega o fim da desigualdade no DF
Política
Oposição indica servidor do Senado para vaga de ministro do TCU
Cidadania
Rollemberg: Datafolha revela declínio econômico resultante dos erros de Dilma
Educação
CPI com investigação ampla enfraquece o Legislativo, afirma Rollemberg
Meio Ambiente
Números de relatório sobre mudança climática do IPCC são alarmantes, alerta Rollemberg
PSB
Rollemberg explica posição do PSB em relação à CPI da Petrobras
Distrito Federal
Senador alerta para risco de criação de novas cidades no DF
Cidadania
Rollemberg defende regulamentação profissional de artesãos

Vídeo

 

footer_down_01