*/ Senador de Bras?lia:Brasília é inventividade
 
http://twitter.com/rollembergpsb http://www.facebook.com/pages/Rodrigo-Rollemberg/211341845581927 http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=3314995351568856873 http://www.youtube.com/rollembergpsb http://www.flickr.com/photos/rodrigorollemberg
 
Discursos
         
Tamanho do texto
Atualizado em :20/04/2010
Brasília é inventividade
 
O SR. PRESIDENTE (Michel Temer) - Concedo a palavra ao ilustre Deputado Rodrigo Rollemberg, um dos autores do requerimento, para sua saudação.

O SR. RODRIGO ROLLEMBERG (Bloco/PSB-DF. Sem revisão do orador.) - Prezado Presidente Michel Temer; prezado Vice-Presidente, Deputado Marco Maia; prezado 4º Secretário, Deputado Nelson Marquezelli; prezado amigo Deputado Osório Adriano, Relator da Comissão Especial comemorativa dos 50 anos da transferência do Congresso Nacional para o Planalto Central; prezado Deputado Arnaldo Faria de Sá; prezado amigo e Deputado-Constituinte, Geraldo Campos, que muito nos honra com a sua presença aqui;prezado Ministro Luciano Brandão; prezado Carlos Murilo, Deputado Federal quando da transferência da Capital; prezados Deputados da bancada do Distrito Federal, todos membros da Comissão Especial dos 50 anos de Brasília, Deputados Laerte Bessa, Osório Adriano, Jofran Frejat, Augusto Carvalho, Magela, Rodovalho; Alberto Fraga e Tadeu Filippelli; prezados estudantes que nos honram com a presença; prezados servidores da Câmara dos Deputados — de forma muito especial, agradeço à comissão encarregada dos preparativos das comemorações dos 50 anos de Brasília— ; senhoras e senhores, minhas primeiras palavras são de profunda gratidão aos peões e candangos, brasileiros de todos os rincões do País que vieram construir essa verdadeira epopeia.

Qualquer pessoa que chegasse aqui, ao ver as condições de infraestrutura e comunicações do Brasil naquela época, jamais imaginaria que a população brasileira seria capaz de construir esta Capital em pouco mais de 3 anos.Todos os brasileiros que aqui chegaram não vieram para construir apenas uma cidade ou uma capital; vieram com o sonho e a determinação de construir um novo País. Portanto, minha profunda homenagem e gratidão aos peões e candangos que construíram Brasília.

Minhas segundas palavras, Sr. Presidente, Deputado Michel Temer, são de reconhecimento ao patriotismo dos membros do Congresso Nacional daquela época. Conversava hoje cedo com o Ministro Luciano Brandão, então Diretor-Geral da Câmara dos Deputados, e o Deputado Carlos Murilo, Deputado Federal à época, e comentava o que significou aquele gesto de patriotismo sobre a decisão da mudança do Congresso Nacional para Brasília.

Imaginem o que representou para Deputados e Senadores, que moravam na cidade do Rio de Janeiro, com todo conforto, à beira do mar, tomarem a decisão estratégica de mudar o Congresso Nacional para o sertão e interior brasileiro, a mais de mil quilômetros do litoral. O gesto tomado pelo então Congresso Nacional foi de grande patriotismo e visão de futuro e, como muito bem disse o Presidente Michel Temer, promoveu a integração do Brasil.

Imaginem os senhores, imagine, Deputada Luiza Erundina, o que seria das Regiões Centro-Oeste e Norte do País sem Brasília, esta cidade que promoveu o desenvolvimento e a integração de todo o País. 

Por outro lado, constato a força do destino, que reuniu, numa mesma geração o que havia de melhor na inteligência e na sensibilidade brasileira: Juscelino Kubitschek, Lúcio Costa, Oscar Niemeyer, Israel Pinheiro, Bernardo Sayão, Athos Bulcão, Burle Marx e Ernesto Silva. 

Gente comprometida com o Brasil e talentosa nas respectivas áreas, que queria construir, juntamente com os peões e candangos, um novo País. Dificilmente, outra quadra na história deste País poderá reunir tanta gente competente e talentosa como houve na construção de Brasília.

O Sr. Mauro Benevides - Permite-me, nobre Deputado Rodrigo Rollemberg, breve intervenção ao discurso de V.Exa?

O SR. RODRIGO ROLLEMBERG - Pois não, Deputado Mauro Benevides.

O Sr. Mauro Benevides - Deputado Rodrigo Rollemberg, foi generosa a referência do Presidente Michel Temer relativamente à minha participação naquilo que significou a expansão e o crescimento de Brasília e, sobretudo, a reconquista pelas liberdades democráticas, que teve como ponto culminante a promulgação de 5 de outubro de 1988, quando presidia esta Casa o inesquecível brasileiro Ulysses Guimarães, cujo nome pronuncio neste instante com a mais profunda emoção, até porque, por ser Vice-Presidente da Constituinte, eu estava ao lado dele naqueles momentos decisivos como o da autonomia de Brasília.

A partir daquele momento, vivenciei todos os outros fatos que aqui ocorreram, pela circunstância, que V.Exa. já lembrou em discurso anterior, de haver sido eu o último Presidente da Comissão do Distrito Federal. Tive o privilégio de entregar simbolicamente a chave da Câmara Distrital aos Deputados então eleitos, para que pudessem cumprir a tarefa naquele momento delegada ao Senado Federal. 

São fatos significativos que fazem com que tenhamos este instante auspicioso, por isso não me dispensaria de enaltecer a obra do extraordinário Juscelino Kubitschek, que depois se transformou em monumento excepcional pela genialidade de Oscar Niemeyer e do grande urbanista Lúcio Costa e, sobretudo, pelas lideranças que souberam construir esta Brasília, que, além de ser Patrimônio da Humanidade, é também centro de explosão democrática para todo o País. Cumprimento V.Exa. e me associo ao enaltecimento que se faz nesta data significativa da Nação brasileira, que são os 50 anos de Brasília. Muito obrigado, nobre Deputado. (Palmas.)

O SR. RODRIGO ROLLEMBERG - Muito obrigado, Deputado Mauro Benevides. Brasília é muito grata a V.Exa. e a todos os Constituintes por terem garantido autonomia política ao Distrito Federal, o direito de nossa cidade eleger o Governador e os Deputados Federais e Distritais. 

Mas, Brasília também se caracteriza pela singularidade. Brasília não é cópia. Brasília não é imitação. Brasília é inventividade. Brasília nasceu sob o fruto da singularidade. 

Isso demonstra o momento de confiança e otimismo no País e de crença na capacidade de o nosso povo construir soluções e alternativas para a política, a arte, a música, enfim, todas as manifestações humanas.

Brasília, a cidade mais nova, é a única que, no mesmo século em que foi construída, passou a ser considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO, título que muito nos honra e orgulha.

Sras. e Srs. Parlamentares, Brasília nasceu sob o signo da esperança. Brasília, como muito bem diz o hino popular, nasceu de um brado de orgulho e de confiança em um novo País, movido pelo grande líder e estadista, Juscelino Kubitscheck. 

Brasília nasceu com a perspectiva de ser a vanguarda do desenvolvimento do Brasil, construindo um país mais justo, solidário e generoso. Este é o desafio do resgate da esperança que se coloca para nós, que somos da geração Brasília, para as crianças nascidas em nossa cidade.

O Brasil vive hoje momento positivo como o de 1960, reduzindo as desigualdades sociais e regionais e se inserindo, de forma diferenciada, no cenário mundial. 

Mais do que nunca nós temos a responsabilidade de contribuir para esse momento, sendo vanguarda de um novo país, um país mais justo, mais solidário, mais generoso e soberano, para que possamos dizer, com muita tranquilidade, com muito fervor: Num brado de orgulho e confiança nasceu a linda Brasília a capital da esperança. (Palmas.)
Fonte:
 
 
fazer comentario comentários
imprimir

 

Mais Discurso
A FACA DO FAC - [29/04/2014]
Dia do Artesão - [19/03/2014]

 
   Últimas Notícias
Cidadania
Rollemberg cobra nomeação de aprovados em concurso do Senado
Pesquisas
Rollemberg comenta pesquisa que aponta insatisfação dos brasileiros com questões básicas
Distrito Federal
Ministério Público e pesquisadores defendem manutenção da área da Embrapa Cerrados
Cidadania
Senado debate ameaça de retirada da Embrapa Cerrados
Política
PSB e Rede apresentam diretrizes de programa de governo para o DF
Ciência e Tecnologia
Embrapa inaugura Banco Genético e comemora os 41 anos da empresa
Política
Elogios a decisão do STF sobre CPI exclusiva para Petrobras
Distrito Federal
Rollemberg lembra aniversário de Brasília e prega o fim da desigualdade no DF
Política
Oposição indica servidor do Senado para vaga de ministro do TCU
Cidadania
Rollemberg: Datafolha revela declínio econômico resultante dos erros de Dilma
Educação
CPI com investigação ampla enfraquece o Legislativo, afirma Rollemberg
Meio Ambiente
Números de relatório sobre mudança climática do IPCC são alarmantes, alerta Rollemberg
PSB
Rollemberg explica posição do PSB em relação à CPI da Petrobras
Distrito Federal
Senador alerta para risco de criação de novas cidades no DF
Cidadania
Rollemberg defende regulamentação profissional de artesãos

Vídeo

 

footer_down_01