*/ Senador de Bras?lia:Classe média é maioria da população brasileira
 
http://twitter.com/rollembergpsb http://www.facebook.com/pages/Rodrigo-Rollemberg/211341845581927 http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=3314995351568856873 http://www.youtube.com/rollembergpsb http://www.flickr.com/photos/rodrigorollemberg
 
Discursos
         
Tamanho do texto
Atualizado em :11/08/2008
Classe média é maioria da população brasileira
 

O SR. RODRIGO ROLLEMBERG (Bloco/PSB-DF. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Parlamentares, assomo à tribuna na tarde de hoje para celebrar algumas notícias que foram publicadas pela mídia ao longo da semana passada.

Peço licença aos Parlamentares para registrar alguns dados da situação econômica brasileira. A classe média passou, pela primeira vez, a ser maioria na população brasileira. Com renda domiciliar média entre R$1.064,00 e R$4.591,00, subiu de 44,19% da população em 2002 para quase 51,89% em abril deste ano.

Nesse período, cerca de 19,5 milhões de brasileiros ingressaram na tão sonhada classe média. De acordo com a Fundação Getulio Vargas, a fatia de miseráveis — pessoas com renda mensal inferior a R$ 155,00 — saiu de 37,17% da população, em abril de 2004, para 25,16%, em abril deste ano. Foram criados 1,8 milhão de empregos formais nos últimos 12 meses.

Esses dados, Sr. Presidente, são alentadores. Mas 25% da população está vivendo na condição de muito pobres, o que é uma vergonha para o País. Temos que nos mobilizar para superar isso. Também temos que reconhecer que o fato de o sujeito entrar na classe média com salário pouco acima de mil reais também não é algo especial. Mas expressa uma melhoria permanente, constante e sustentável que vimos experimentando na economia brasileira. 

Quero parabenizar o Presidente Lula, o grande responsável por essas alterações na conformação das classes brasileiras, por meio do aumento real do salário mínimo implantado no País, que vem sendo ampliado sistematicamente e ganhando poder de compra desde o início deste Governo, e através dos programas sociais, especialmente o Bolsa Família, que hoje atende a enorme parcela da população. 

Outro dado relevante, Sr. Presidente, é que regiões como a Região Norte e a Região Nordeste vêm experimentando taxas de crescimento maiores do que outras regiões, o que contribui para a redução das desigualdades regionais.

Sr. Presidente, Sras e Srs. Parlamentares, vivemos um momento importante, quando o Congresso Nacional discute a reforma tributária. Precisamos ampliar a participação no nosso bolo tributário dos impostos diretos, aqueles que permitem fazer justiça tributária cobrando mais dos que ganham mais e menos ou nada daqueles que ganham pouco. Daí a importância de ampliarmos as faixas de Imposto de Renda, para fazer com que aquelas pessoas que ganham pouco não paguem absolutamente nada de Imposto de Renda. E temos que reduzir os impostos indiretos, porque quem acaba pagando impostos sobre os produtos, onde há impostos indiretos, é o consumidor, é a população mais pobre. 

Por isso, Sr. Presidente, gostaria de conclamar mais uma vez esta Casa para que aprovemos emenda de minha autoria que elimina qualquer tributação sobre os produtos da cesta básica. Economistas de diversos institutos concordam em que a retirada de impostos sobre a cesta básica trará enormes ganhos para a população mais pobre, promoverá ganhos no poder de compra do salário mínimo e fará com que esses índices de ampliação da classe média e de redução da pobreza se ampliem em nosso País.

Portanto, ao cumprimentar o Presidente Lula por todos esses dados animadores e o Congresso Nacional por tudo que aprovou nos últimos anos, contribuindo para esse sucesso, quero fazer um apelo no sentido de que aprovemos no bojo da reforma tributária a isenção completa de tributação sobre os produtos da cesta básica, porque esta medida contribuirá significativamente para que o País continue avançando no sentido de eliminar as desigualdades pessoais, as desigualdades sociais e as desigualdades regionais.

Muito obrigado.

Fonte:
 
 
fazer comentario comentários
imprimir

 

Mais Discurso
A FACA DO FAC - [29/04/2014]
Dia do Artesão - [19/03/2014]

 
   Últimas Notícias
Cidadania
Rollemberg cobra nomeação de aprovados em concurso do Senado
Pesquisas
Rollemberg comenta pesquisa que aponta insatisfação dos brasileiros com questões básicas
Distrito Federal
Ministério Público e pesquisadores defendem manutenção da área da Embrapa Cerrados
Cidadania
Senado debate ameaça de retirada da Embrapa Cerrados
Política
PSB e Rede apresentam diretrizes de programa de governo para o DF
Ciência e Tecnologia
Embrapa inaugura Banco Genético e comemora os 41 anos da empresa
Política
Elogios a decisão do STF sobre CPI exclusiva para Petrobras
Distrito Federal
Rollemberg lembra aniversário de Brasília e prega o fim da desigualdade no DF
Política
Oposição indica servidor do Senado para vaga de ministro do TCU
Cidadania
Rollemberg: Datafolha revela declínio econômico resultante dos erros de Dilma
Educação
CPI com investigação ampla enfraquece o Legislativo, afirma Rollemberg
Meio Ambiente
Números de relatório sobre mudança climática do IPCC são alarmantes, alerta Rollemberg
PSB
Rollemberg explica posição do PSB em relação à CPI da Petrobras
Distrito Federal
Senador alerta para risco de criação de novas cidades no DF
Cidadania
Rollemberg defende regulamentação profissional de artesãos

Vídeo

 

footer_down_01