*/ Senador de Bras?lia:Elogios à Polícia Federal (Operação Satiagraha)
 
http://twitter.com/rollembergpsb http://www.facebook.com/pages/Rodrigo-Rollemberg/211341845581927 http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=3314995351568856873 http://www.youtube.com/rollembergpsb http://www.flickr.com/photos/rodrigorollemberg
 
Discursos
         
Tamanho do texto
Atualizado em :11/07/2008
Elogios à Polícia Federal (Operação Satiagraha)
 
O SR. PRESIDENTE (Átila Lins) - Concedo a palavra ao nobre Deputado Rodrigo Rollemberg, para uma Comunicação de Liderança, pelo Bloco Parlamentar PSB/PDT/PCdoB/PMN/PRB. 
S.Exa. dispõe de até 8 minutos. 

O SR. RODRIGO ROLLEMBERG (Bloco/PSB-DF. Como Líder. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Parlamentares, serei breve. Provavelmente, nem utilizarei os 8 minutos que V.Exa. me concede, mas não poderia deixar de vir à tribuna, nesta manhã de sexta-feira, para me solidarizar com a Polícia Federal. 

Não quero entrar no mérito se houve ou não espetacularização da ação da Polícia Federal, porque, no meu entendimento, essa é uma questão menor, diante da importância da ação da Polícia Federal para o desbaratamento de uma megaorganização criminosa composta de pessoas que, até então, consideravam-se intocáveis.

A prisão de um banqueiro, Sr. Daniel Dantas, de um mega investidor e especulador em bolsas de valores, Sr. Naji Nahas, e do ex-Prefeito Celso Pitta, demonstra, de forma insofismável, que o Brasil mudou. 
Hoje não existem mais pessoas que se considerem intocáveis pela lei, como até então.

A ação da Polícia Federal, fruto de uma investigação de muitos anos, demonstra claramente o envolvimento dessas pessoas com corrupção ativa, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, remessa ilegal de recursos para o exterior. Conexões ainda precisam ser desvendadas. 

Surpreende-me, Sr. Presidente, a indignação de algumas pessoas, sobretudo de graduados Parlamentares da Oposição no Senado Federal, com o fato de essas pessoas terem sido algemadas. Eu gostaria de ver essa mesma indignação quando pobres são algemados ao serem presos.

Para a Polícia Federal, hoje — e isso é um avanço da democracia e das instituições no País — , não há mais distinção entre ricos e pobres. Pela primeira vez na história deste País, as pessoas mais simples estão começando a perceber que os ricos, quando cometem delitos — e delitos de imensa gravidade — , também são punidos e vão para a cadeia.

Não quero entrar no debate jurídico, até porque acredito piamente na competência e na independência do Supremo Tribunal Federal para tomar a decisão que considere mais acertada, para definir se pessoas devem permanecer presas ou não. Também porque, neste momento, considero essa uma questão menor. As instituições estão funcionando e as determinações do Supremo certamente serão cumpridas. O fato é que não podemos deixar de congratular a Polícia Federal pela ação corajosa, por prender pessoas que até então se consideravam intocáveis.

Como disse o Presidente Lula, a forma mais fácil, tranqüila e segura de alguém se livrar da Polícia Federal é não cometer delitos, porque, hoje, qualquer pessoa que cometer algum tipo de delito, que descumprir a lei, será punida. Já não há mais diferença. Não há mais aquele dito popular de que quem vai para a cadeia são os mais pobres. Os mais ricos, os banqueiros, aqueles que mais exploram o povo num país democrático agora também estão submetidos aos rigores da lei. A Polícia Federal faz cumprir a lei ao colocar essas pessoas na cadeia.
Sr. Presidente, nossa solidariedade à Polícia Federal.
 
Fonte:
 
 
fazer comentario comentários
imprimir

 

Mais Discurso
A FACA DO FAC - [29/04/2014]
Dia do Artesão - [19/03/2014]

 
   Últimas Notícias
Pesquisas
Rollemberg comenta pesquisa que aponta insatisfação dos brasileiros com questões básicas
Distrito Federal
Ministério Público e pesquisadores defendem manutenção da área da Embrapa Cerrados
Cidadania
Senado debate ameaça de retirada da Embrapa Cerrados
Política
PSB e Rede apresentam diretrizes de programa de governo para o DF
Ciência e Tecnologia
Embrapa inaugura Banco Genético e comemora os 41 anos da empresa
Política
Elogios a decisão do STF sobre CPI exclusiva para Petrobras
Distrito Federal
Rollemberg lembra aniversário de Brasília e prega o fim da desigualdade no DF
Política
Oposição indica servidor do Senado para vaga de ministro do TCU
Cidadania
Rollemberg: Datafolha revela declínio econômico resultante dos erros de Dilma
Educação
CPI com investigação ampla enfraquece o Legislativo, afirma Rollemberg
Meio Ambiente
Números de relatório sobre mudança climática do IPCC são alarmantes, alerta Rollemberg
PSB
Rollemberg explica posição do PSB em relação à CPI da Petrobras
Distrito Federal
Senador alerta para risco de criação de novas cidades no DF
Cidadania
Rollemberg defende regulamentação profissional de artesãos
Copa do Mundo
Rollemberg denuncia superfaturamento em obras do estádio de Brasília

Vídeo

 

footer_down_01